Home » Blog » Comunicação efetiva do paciente-profissional na obesidade pediátrica

Comunicação efetiva do paciente-profissional na obesidade pediátrica

Comunicação efetiva do paciente-profissional, embora reconhecida como uma habilidade clínica chave ligada a melhores resultados nos tratamentos, não é um foco primário de muitos currículos das escolas médicas. Entrevista Motivacional, é um estilo de comunicação centrado na pessoa, apropriado para o ambiente de cuidados de saúde, com uma base empírica cada vez maior. A pesquisa sobre os mecanismos causais da ETM estabelece previamente a fala de mudança nos pacientes (declarações motivacionais sobre mudança de comportamento) como um mediador da mudança comportamental. Atualmente, a pesquisa em ETM busca identificar quais habilidades de comunicação por parte dos profissionais são responsáveis ​​por evocar falas de mudança. A ETM recomenda três habilidades básicas de comunicação:  informar, perguntar e ouvir.

Uma base de evidências consistente aponta para o uso de reflexões por parte dos profissionais (uma estratégia ativa de escuta).  Este estudo evidencia que solicitar e refletir a mudança do paciente são estratégias de comunicação eficazes, mas adverte os profissionais a utilizar a informação de forma criteriosa. Além de evidenciar que o apoio à autonomia na tomada de decisão é uma estratégia importante na promoção de saúde.

 

Para maiores informações acesse:

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4893931/

Effective Patient-Provider Communication in Pediatric Obesity

April Idalski Carcone, PhD, Angela J. Jacques-Tiura, PhD, […], and Tim Martin, PhD

Pediatr Clin North Am. 2016 June ; 63(3): 525–538. doi:10.1016/j.pcl.2016.02.002.