Home » Blog » Escala de Disposição

Escala de Disposição

A escala de disposição é utilizada na Entrevista Motivacional com vistas a trabalhar a ambivalência de modo a compreender a percepção do cliente sobre como a sobre a importância que ele atribui à mudança, bem como quão confiante se sente para a realização dessa mudança. 
 
Quão importante é para você realizar esta mudança?

Quão confiante você se sente para realizar esta mudança?

A escala de disposição pode ser feita informalmente em uma conversa com o cliente ou se o profissional preferir, por meio de uma folha de atividade.
 
É importante compreender os diferentes perfis dos clientes de acordo com a importância e com a confiança que sentem em relação a sua mudança. A Figura 3 mostra os diferentes perfis, sendo que nos grupos A, B e C existe muito trabalho a ser realizado na fase 1 da Entrevista Motivacional, ou seja, a construção da motivação para a mudança. O grupo D se mostra desejoso e confiante para a realização da mudança, mas ainda não se sente totalmente pronto ou seguro para a realização da mesma, envolvendo com isso a fase 2 da entrevista motivacional por meio da estruturação de um plano de ação.
 

Perfil

Por fim, o profissional questiona:

Se você decidisse fazer essa mudança hoje, quão confiante você se sentiria?

2)Por que você se deu a nota 5 e não 3?

  • Objetivo: evocar as falas e forças de mudança no cliente
  • Prospectar sucessos do passado
  • Valores, sendo que quando o profissional solicita que o cliente justifique as razões que o levaram a nota X, é como se ele provocasse no cliente um movimento dele próprio ser o defensor de sua mudança, o que  certamente é muito empoderador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

cinco + 8 =