Home » Blog » Evocação – Terceiro processo fundamental na Entrevista Motivacional

Evocação – Terceiro processo fundamental na Entrevista Motivacional

evocacao

Evocar consiste no movimento do profissional de extrair da pessoa os próprios sentimentos concernentes ao propósito de mudança. Esta é a essência da EM. Todas as conclusões ou caminhos a serem percorridos, devem ser uma conclusão que o cliente alcança sozinho, com o auxílio do profissional e não com a sua indução. A resposta para as questões deve ao final, sair da boca do cliente, como se fosse realmente uma grande descoberta! Uma perspectiva de um profissional especialista ou perito, recomendaria que este deveria identificar um problema, avaliar o que poderia estar sendo feito de errado e orientar o que deve ser feito para reparar ou consertar o que está errado. Esta visão é oposta à perspectiva da evocação. Aqui, cabe ao profissional aproveitar as próprias ideias do cliente para que este descubra como e por que pretende agir de determinada forma e seja verdadeiramente ativo em seu próprio processo. Vale ressaltar que o modelo do especialista ou perito é indicado em muitos manejos clínicos como, por exemplo, na realização de uma cirurgia. Porém, os autores salientam que, para a EM, este manejo é contra-indicado em processos de transformação pessoal.
Para que o profissional consiga evocar do cliente, deve ser perguntar se:

 Quais são as razões próprias dessa pessoa para a mudança?
 Existe alguma relutância quanto à confiança ou a importância de mudar?
 Estou ouvindo alguma fala que remeta à mudança? De qual tipo?
 Estou dirigindo muito longe ou muito rápido para uma direção particular?
 Estou deixando o meu “reflexo de endireitamento” me influenciar para ser o único a argumentar em favor da mudança?