Home » Blog » Entrevista motivacional e balança decisória: respostas contrastantes à ambivalência do cliente

Entrevista motivacional e balança decisória: respostas contrastantes à ambivalência do cliente

Contexto: Uma recomendação nas descrições originais de entrevista motivacional (EM) é “explorar a ambivalência”. Procedimentos contrastantes para fazer isso foram esclarecidos por meio da evolução da mesma.

Objetivos: Este artigo descreve dois métodos conceitualmente distintos para responder à ambivalência na EM: balança decisória (DB) e evocação da conversa de mudança, e analisa as evidências empíricas para recomendar quando cada procedimento é apropriado (e inadequado) na prática clínica.

Método: os autores resumem os resultados da pesquisa baseados em resultados clínicos para examinar como essas duas intervenções impactam a resolução da ambivalência no cliente.

Resultados: Com pessoas ambivalentes, uma intervenção de DB tende a diminuir o compromisso com a mudança, enquanto a evocação (um elemento-chave do EM) promove a mudança. Quando uma pessoa já tomou a decisão de mudar, a evocação é desnecessária e pode impedir a mudança, enquanto o DB pode fortalecer ainda mais o compromisso.

Conclusões: DB é um procedimento apropriado quando o clínico deseja manter a neutralidade e não favorecer a resolução da ambivalência em qualquer direção particular. A evocação é apropriada quando o clínico pretende ajudar os clientes a resolver a ambivalência na direção da mudança.

Referência: William R Miller, Gary S Rose . Motivational interviewing and decisional balance: contrasting responses to client ambivalence. Psychother Res 2016;26(2):220-40.  doi: 10.1080/10503307.2014.954154. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*